Novo pack de Wallpapers do Ubuntu 17.10 é liberado e agora “acertaram” no design

Eu sei que existem pessoas que não dão a mínima para estes detalhes, afinal, basta trocar o papel de parede que vem por padrão se não gostar, certo? Certo. Entretanto, eu acredito que o “diabo está no detalhes” e um simples wallpaper bem feito ajuda a compor a identidade visual do sistema, vide as “sierras” no macOS, ou a “Window” cheia de luz no Windows 10.

Nos últimos anos tivemos uma “enxurrada de falta de criatividade com padronização”, na maior parte das vezes tivemos figuras geométrica que lembravam origamis, com aquele tradicional degradê de cores. Querendo ou não, a cor acabou criando uma identidade visual, assim quando você via um computador por aí com um papel de parede daquela forma você sabia que era o Ubuntu rodando ali, eu digo e repito, identidade visual é importante, ajuda no marketing.

O problema é que ao mesmo tempo que essa identidade foi construída, a falta de mudanças, tanto no Unity, quanto no design do sistema, com ícones e tema GTK, quanto nos próprios papéis de parede acabaram deixando o design do Ubuntu um tanto quanto “chato”, criando um verdadeiro ecossistema de temas de todos os tipos para personalizar a distro.

O novo Wallpaper

O novo design mescla algumas características das versões (bem) antigas do Ubuntu e mantém um pouco do design atual, dando um toque de rejuvenescimento também, explico:

1 – Você pode ver que existe uma silhueta no wallpaper, ela representa o “Artful Aardvark”, o mascote da nova versão do Ubuntu (17.10). Antigamente os wallpapers do Ubuntu vinham também com algo semelhante.

2 – O design com as linhas marcando o wallpaper continua, mantendo o que já havia sendo feito nas últimas versões.

3 – A suavidade no degrade de uma cor para outra, assim como o tom com cores intermediárias, tem o apelo visual dos atuais designs de interface, que tendem a usar cores mais suaves.

Se eu fosse do time do marketing da Canonical explicaria assim: O novo Ubuntu volta às raízes com o GNOME (1), mas continua sendo o mesmo Ubuntu confiável que você já estava acostumado a utilizar (2), só que mais moderno e condizente com os padrões atuais(3).

Ótima explicação, não? É uma pena que os ícones continuem a mesma coisa antiga “de sempre”, talvez esse seja um outro setor a ser alterado para a próxima LTS.

Junto com a atualização que trouxe este novo wallpaper padrão, outros mais vieram, não sei se provindos do GNOME mesmo ou se por curadoria própria, mas é fato que desta vez (ao contrário dos últimos 5 anos), temos wallpapers bonitos, pelo menos dentro do meu gosto pessoal:

Essas são as minhas considerações à respeito do assunto, sei que quem não é muito ligado em design e não curte tanto esta área não se importa tanto com esses detalhes, mas particularmente eu acho importante.

Agora, é só eu ou o “Arful Aardvark” parece uma menina super poderosa? ?
Você pode baixar o novo Wallpaper do Ubuntu aqui.

Deixe a sua opinião logo abaixo e até a próxima!

Fonte: Diolinux

Tagged , , , , . Bookmark the permalink.