Android 5.1: pequenos aperfeiçoamentos tornam o Lollipop ainda melhor

O Android 5.1 começou a circular no mês passado, presente em smartphones Android One baratinhos vendidos na Indonésia, e só agora o Google fez o anúncio oficial: as mudanças são sutis e muito bem-vindas.

O Google destaca três novidades maiores: bloqueio de dispositivos roubados, suporte nativo a dual-SIM e HD Voice.

Proteção do dispositivo

O “Device Protection” bloqueia seu dispositivo perdido ou roubado: só é possível liberá-lo inserindo a senha do Google, mesmo que o ladrão faça reset e apague todos os dados.

Isso não estará disponível para todo mundo: o recurso já existe no Nexus 6 e Nexus 9, e estará presente “na maioria dos smartphones e tablets Android que saem com a versão 5.1 de fábrica”.

Dispositivos iOS fazem algo semelhante: caso você bloqueie um iPhone ou iPad, é preciso digitar a senha da conta Apple para liberá-lo, mesmo que ele seja resetado. A ideia é evitar roubos de gadgets, mas os ladrões estão se adaptando, pedindo a senha do iCloud para a vítima. Será que agora vão pedir a senha do Google se for Android?

Dual-chip

O Android padrão ganhou suporte nativo a mais de um chip de operadora. Até então, a fabricante precisava criar software adicional para colocar essa funcionalidade no sistema.

Você pode configurar cores diferentes para cada chip, e assim saber no discador qual deles você está usando, como demonstra este vídeo do Android Police:

Voz mais nítida

A terceira novidade é suporte a HD Voice, uma tecnologia que dá mais clareza à voz nas ligações ao transmiti-la em frequências mais amplas. Como explica a Wired, “em vez de limitar a frequência da chamada entre 300 Hz e 3,4 kHz, ela a transmite na faixa de 50 Hz a 7 kHz… muito mais próxima à voz humana”.

Isso significa que a voz fica menos abafada, é mais fácil reconhecer entre pessoas diferentes falando, e o esforço em ouvir ligações é menor. Até setembro, 116 operadoras em 75 países tinham suporte a HD Voice – especialmente na Europa, mas também nos EUA, Ásia e em países da África. No Brasil, nenhuma operadora é compatível com essa tecnologia.

Dispositivos Android oferecem suporte a HD Voice desde pelo menos 2012: por exemplo, o Samsung S III e S4, o HTC One M7 e o Sony Xperia Z são compatíveis. Mas até então, eles precisavam de software adicional da fabricante para inserir a tecnologia no Android; agora ela virá por padrão.

Mudanças sutis na interface

No último mês, o Android Police vem reunindo os pequenos ajustes que o Google fez no Lollipop.

Há algo que não me agrada nas notificações do Android 5.0: quando ela surge no topo da tela, você não pode escondê-la. Ou você espera que ela suma, ou a desliza para o lado e a remove para sempre. No Android 5.1, você pode deslizá-la para cima, e ela continuará na gaveta de notificações:

No Android 5.0, se você quiser entrar em uma rede Wi-Fi, precisa abrir o menu de configurações rápidas e tocar na palavra “Wi-Fi”, o que abre a lista completa de redes em uma nova janela. No Android 5.1, isso mudou: ao tocar em “Wi-Fi”, surge uma pequena lista com as principais redes, direto no menu de configurações rápidas. O mesmo vale para dispositivos Bluetooth.

Alguns apps também ganharam novas animações e é possível ocultar alguns ícones das configurações rápidas, como “Inverter cores” e “Transmitir tela”. Ah, sim: ao contrário do que diziam os rumores, o modo silencioso não voltou – o jeito é usar um app como o SoundHUD.

Dispositivos

O código-fonte do Android 5.1 já foi publicado, e a imagem de fábrica está disponível para o Nexus 5, Nexus 7 2012 (Wi-Fi) e Nexus 10.

A atualização deve ser distribuída inicialmente a dispositivos Nexus e Google Play Edition, e depois chegar a outros smartphones e tablets – neste caso, vai depender da fabricante. [Google viaAndroid Police]

Fonte: Gizmodo

Tagged , , , , , , . Bookmark the permalink.