GDC Awards: Shadow of Mordor ganha jogo do ano e Monument Valley leva três prêmios

Middle-earth: Shadow of Mordor foi o melhor jogo de 2014. Pelo menos para a própria comunidade de desenvolvedores. O jogo da Monolith baseado em O Senhor dos Anéis ganhou o principal prêmio da Game Developers Choice Awards, a GDC Awards, que aconteceu na noite desta quarta-feira (4).

Apesar de Shadow of Mordor ter levado o GOTY, o jogo mais premiado foi o excelente Monument Valley, que levou as categorias de melhor arte visual, inovação e melhor jogo mobile/portátil. Além deles, Alien: Isolations, Hearthstone e Destiny também receberam prêmios.

Uma das mais tradicionais premiações de games, a GDC Awards está em sua 15ª edição e, além dos jogos, também prestou homenagem a figuras importantes para a indústria. Na noite de ontem, a game designer Brenda Romero (esposa de John Romero, um dos criadores de Doom) recebeu o prêmio de Ambassador Award pelo seus esforços para ajudar a indústria de jogos como um todo.

Outro homenageado na GDC Awards foi Hironobu Sakaguchi, que ganhou o prêmio de Lifetime Achievement por ter criado uma pequena série de RPGs há mais de 25 anos, um tal de Final Fantasy (já ouviram falar?).

Abaixo está a lista completa dos premiados na GDC Awards.

Game of the Year

Middle-earth: Shadow of Mordor (Monolith Productions/Warner Bros. Interactive Entertainment)

Best Debut

Stoic Studio (The Banner Saga)

Innovation Award

Monument Valley (ustwo)

Best Technology

Destiny (Bungie/Activision)

Best Audio

Alien: Isolation (Creative Assembly/Sega)

Best Visual Art

Monument Valley (ustwo)

Best Narrative

Kentucky Route Zero: Act III (Cardboard Computer)

Best Design

Hearthstone: Heroes of Warcraft (Blizzard)

Best Handheld/Mobile Game

Monument Valley (ustwo)

Audience Award

Elite: Dangerous (Frontier Developments)

Pioneer Award

David Braben

Ambassador Award

Brenda Romero

Lifetime Achievement Award

Hironobu Sakaguchi

Indies são premiados no IGF Awards

Outra premiação que acontece no mesmo dia da GDC Awards (na verdade é uma seguida da outra), a Independent Games Festival Awards, ou IGF Awards, é, claro, focado nos indies. Neste ano, que marcou a 17ª edição do prêmio, o grande vencedor foi o desconhecido Outer Wilds.

Em Outer Wilds você explora todo um sistema solar e poder pousar em vários planetas, investigando e conhecendo, literalmente, diferentes mundos. Um detalhe é que ele te dá um limite de 20 minutos para completar o jogo.

Outer Wilds ganhou em excelência em design e levou a principal categoria, Seumas McNally Grand Prize, que é como eles chamam a premiação de “melhor indie”. Pelos dois prêmios, os desenvolvedores ganharam também US$ 33 mil. Isso mesmo, dinheiro, já quem uma das características da IGF é remunerar os vencedores e incentivá-los a continuar o trabalho.

Outro que levou um prêmio para casa foi This War of Mine (talvez o mais conhecido entre os premiados) na categoria de escolha da audiência.

Os vencedores da 17ª edição do IGF Awards segue abaixo.

Excellence in Visual Art ($3,000)

Metamorphabet (Patrick Smith of Vectorpark)

Nuovo Award ($5,000)

Tetrageddon Games (Nathalie Lawhead)

Excellence in Audio ($3,000)

Ephemerid: A Musical Adventure (SuperChop Games)

Excellence in Narrative ($3,000)

80 Days (inkle)

Best Student Game ($3,000)

Close Your (Goodbye World Games – University of Southern California)

Audience Award ($3,000)

This War of Mine (11 bit studios)

Excellence in Design ($3,000)

Outer Wilds (Team Outer Wilds)

Seumas McNally Grand Prize ($30,000)

Outer Wilds (Team Outer Wilds)

Fonte: Kotaku

Tagged , , , , , , , . Bookmark the permalink.