Novo Razer Blade pode ser o laptop fino e potente para jogos que estávamos esperando

Não seria bom se você pudesse ter tudo? No caso, “tudo” é “um laptop fino, bonito e poderoso o suficiente para rodar qualquer jogo que você quisesse”. Geração após geração, os laptops Razer Blade quase chegam lá… mas parece que agora vai.

O primeiro Razer Blade foi lançado em 2011: ele era lindo, mas muito grande. A próxima versão era menor, mas tinha uma tela ruinzinha inferior a Full-HD. Então veio um laptop com uma telatão boa que o chip gráfico não conseguia acompanhar – a resolução era alta demais.

A quarta geração do Razer Blade parece atingir o equilíbrio certo. Ela possui tela 1080p e chip gráfico notavelmente mais poderoso que no modelo do ano passado. A combinação deve ser excelente.

Em um belo chassi de alumínio de 14 polegadas, temos um processador Intel Core i7 quad-core de 2,6 GHz, 8 GB de RAM, um SSD de 256 GB, e chip gráfico Nvidia GTX 970M. Ele não é muito grande, não economiza nas especificações, e também não é absurdamente caro – são US$ 2.000, menos que a geração anterior. São 17,9 mm de espessura e 1,9 kg.

A tela conta com tecnologia IGZO, da Sharp, que promete vídeo mais fluido que painéis TFT comuns. O processador ainda é da geração Haswell; a Intel ainda não lançou chips Broadwell da linha mais potente. E para resfriar o CPU e o chip gráfico, o laptop possui um sistema de ventoinha que “mantém o calor longe de pontos de toque que entram em contato com o usuário”.

O chip GTX 970M promete aproximar o desempenho gráfico de desktop e laptop, e ainda consome menos energia que seus antecessores por ser baseada na arquitetura Maxwell. Além disso, a Nvidia afirma que o recurso Battery Boost aumenta o tempo de jogatina em mais de uma hora quando você estiver na bateria. Ele diminui artificialmente a taxa de quadros para economizar energia, mas mantém as configurações altas. A Razer não menciona a duração de bateria.

O novo Razer Blade também está disponível em especificações ainda melhores: por US$ 2.200, você leva 16 GB de RAM e uma touchscreen de 3200 x 1800 pixels. Resta ver se a potência extra da GeForce 970M é o suficiente para rodar jogos em alta resolução desta vez.

Os dois modelos já estão à venda na loja online da Razer nos EUA. [Razer]

Fonte: Gizmodo

Tagged , , , , , . Bookmark the permalink.