Intel prepara Xeons V3 com monstrinhos para até 36 threads

Plataforma HEDT da Intel a um bom tempo é atualizada na forma de processadores Xeon, sendo que para as últimas atualizações (V3) são esperadas para a família Xeon E7, onde encontramos os chips top da gama de Xeons oferecidos pela Intel por temporada. “Haswell EX ” nome código escolhido pela Intel, são processadores direcionados para o mercado de “missão crítica” e “Enterprise Class” e contará com muitos recursos de segurança e capacidades ECC, juntamente com os ganhos habituais do IPC em relação à geração anterior.O carro-chefe virá com incríveis 18 núcleos capazes de 36 threads.

Xeonv3

Segundo o site CPU-World, Intel está tomando um fôlego e trabalhando essa nova série para a metade de 2015. Haswell EX é basicamente projetado com recursos de segurança muito em mente, juntamente com capacidades de correção de erro ou até combinados com recursos de memória não volátil em pacote único para um mercado onde falhas podem valer vários milhares de dólares.

Para a programação, temos:

  • Xeon E7 48xx v3 série, suas variantes são: E7-4809 v3, E7-4820 v3, E7-4830 v3 e E7-4850 v3.
  • Xeon E7 88xx v3 série, suas variantes são: E7-8860 v3, E7-8870 v3, E7-8880 v3, E7-8890 v3.

Dentro da série Xeon E7 88xx V3, a Intel também oferece alguma variantes moldadas de acordo a gradar um legado específico de clientes. Funciona da seguinte forma:

  • SKUs E7 V3 de antepenúltimo dígito “0” (ex: E7 8860 v3) são direcionados para o segmento de mercado normal.
  • SKUs E7 v3 de antepenúltimo dígito “? de 0” (ex: E7-8867 v3) são otimizados para segmentos específicos de mercado.
  • SKUs E7 v3 de antepenúltimo dígito ‘L’ são direcionados aos que primam por o baixo consumo de energia e ao mercados de servidores densos.

Os microprocessadores E7 V3 serão emparelhado ao chipset C602J, e usar C112 / C114 buffers de memória expansível. E7 v3 série irá incorporar conjunto de instruções TSX e AVX2. Eles terão mais cache L3 do que seus primos E5 (até 45 MB) e uma maior largura de banda de memória.

Fonte: WCCFTech.com

 

 

 

 

Bookmark the permalink.