AMD Tonga é o substituto da GPU Curacao e chega em 3 meses

Em outubro do ano passado AMD lançou sua GPU intermediaria Curacao (R9 270X e R7 260) e ao que tudo indica os rumores, uma nova substituta para ela chegará em três meses baseada na GPU codinome TONGA. Os dados são escassos, mas o que se comenta é que esta GPU entra para concorrer diretamente contra o Maxwell GM 107 (GTX 750), recebendo grandes melhorias na arquitetura GCN e uma dramática diminuição do consumo energético.

Tonga é nome de um arquipélago de 171 ilhas no oceano pacífico

TONGA AMD

O processo de fabricação não será inferior a 28 nm, devido às dificuldades de maturação que esta tecnologia ainda está passando este ano. A compatibilidade será total com GCN 1.1, GCN 2.0, Mantle, TrueAudio e xdma Crossfire. A quantidade de memória VRAM será de 2 GB para o modelo de referência.

A GPU Tonga não será um verdadeiro integrante da arquitetura Pirate Islands, ela aparenta ser um modelo intermediário já usando algumas das melhorias que estarão presentes na nova arquitetura que chegará somente em 2015 e em 20 nm.

Quanto ao nome da nova placa de vídeo baseada na GPU Tonga, se especula R9 275X, mas bem sabemos que isso não está confirmado ainda, AMD tem algumas outras opções para poder diferenciar as versões melhor no mercado.

De qualquer forma, essa geração intermediária faz todo o sentido, AMD ganha tempo para maturar o processo de 20 nm na TSMC e aprimora a arquitetura GCN que ainda tem algum tipo de gordura para queimar em rota para o poderoso Pirate Island. NVIDIA começou pensando 2014 desta mesma forma com o Maxwell GM 107.

Fonte: Framebuffer

Tagged , , , , . Bookmark the permalink.