Mais detalhes sobre a 6ª geração i-Core “Skylake” vazam para a web

Mal a plataforma Devil’s Canyon que é um releitura da arquitetura Haswell chega ao mercado e a sua plataforma sucessora, a Broadwell, tem todos os seus detalhes segredos revelados, o portal vr-zone.com chinês vai mais além e traz detalhes interessantes sobre a 6ª geração de i-Cores “Skylake” que deve estriar ao mercado por volta do meio de 2015.

Os detalhes mostram que a arquitetura Skylake será baseado em um completamente novo nó de 14nm e contará com várias melhorias, além de um novo chipset “Intel Chipst 100-Série, dará o apoio necessário à plataforma.


Skylake conterá terá como as variantes H, Y, L e S série, além da séries SKL-S é no formato LGA, o que a Skylake também será usado para processadores de desktop comuns e estes usarão padrão de memórias DDR de 4ª geração “DDR4”, enquanto que a série Y e os processadores da série U permanecerá na grande maioria usando o padrão de memórias DDRs atuais “DDR3”.

A parte gráfica da Skylake também terá uma importante inovação, um novo núcleo gráfico será desenhado e ainda não temos conhecimento de seus detalhes, por enquanto só o seu nome código é revelado. O GT4e substituirá o GT3, GT3 na verdade sofrerá uma grande atualização para implementação na plataforma Broadwell, além de outras melhorias, contará com 20% mais Unidades de Execução em relação a atual implementada na plataforma Haswell em chips como o i7-4870HQ. Para o GT4e ainda não temos detalhes sobre seus recursos nem sua arquitetura.

Para o nova série de chipsets “Intel Chiset 100-Série”, a Intel pretende atualizar suas conexões sem fio para incluir Snowfield Peak (WiFi + Blue-tooth) substituindo Wilkins Peak, Douglas Peak (WiGig + WiFi + BT) substituindo Stone Peak e Maple Peak e o Pine Peak mais chips WWAN LTE (XMM 726x) substituindo o WWAN (XMM7160) para conectividade sem fio. A Intel também está introduzindo o mais recente controlador Thunderbolt Alpine Ridge no Skylake empurrando velocidades de 40GB/s, o dobro de última geração. Para LAN, Intel irá introduzir Jacksonville para substituir Clarksville.

Bookmark the permalink.
  • MegaX

    Tomara que não mudem o socket, a Intel adora ficar fazendo isso

    • Jonny.br

      Isso é 100% certeza, acho, nem mesmo a AMD conseguiu manter o soquete entre gerações de DDR, imagina a Intel que basta dizer atualizou um set de instruções.