Especificações vazadas do novo controlador Thunderbrolt “Alpine Ridge” prometem torna-lo um deus do UltraHD

A Intel tem tentado a introdução em massa do seu controlador Thunderbold (coma alternativa para conexões USB/SATA/Display port), mas devido ao alto custo e baixa gama de dispositivos compatíveis, a indústria tem o deixado em segundo plano, mas parece que agora a Intel tomou medidas drásticas para forçar sua adesão. De acordo com especificações vazadas, o novo controlador Thunderbold da Intel, apelidadeo “Alpine Ridge” permitirá você brincar de deus com vários fluxos de vídeos descompactados em Ultra-HD durante a produção.

O controlador utiliza PCI-Express Gen 3.0 de dupla largura de banda na interface. Ele virá ao mesmo momento que a próxima geração Core “Skylake” da Intel (algum momento em 2015), e de uma implementação típica. Será transferido para a raiz da CPU (como atualmente é o controlador PCI-E e de memória) e não no PCH. Com ligações PCIe 3.0 x4 ou PCIe 3.0 x2 à sua disposição, o controlador pode enviar dados em uma escala de 40 Gbps. O link também pode transferir dados de DisplayPort, HDMI 2.0 e USB 3.0 através de suas conexões. Essa largura de banda deve permitir que você conecte até dois monitores Ultra HD, além de sua matriz de armazenamento. O conector Thunderbolt em si vai sofrer uma mudança com a chegada da Alpine Ridge. Será mais fino (menor) do que o conector atual de 3mm (bom para Ultrabooks), e haverá adaptadores para compatibilidade com dispositivos Thunderbolt da geração atual. O conector será projetado para fornecer até 100W de potência, desse modo, Ultrabooks baseados nele vai acabar com DC Jacks redondas e cobrar-se muito como tablets e smartphones. Com toda essa energia seria possível HDDs com um único cabo e RAID Boxe.

Haverá duas principais variantes da Alpine Ridge, que suporta duas portas over daisy-chaining, e a que suporta apenas uma única porta.

Fonte: TechPowerUP

Tagged , , , , , , , , . Bookmark the permalink.