Fanboys estão literalmente apaixonados pelos seus consoles, conforme afirmação médica

O Dr. David Lewis-Hodgson, neuropsicólogo britânico especializado em análise do cérebro para fins comerciais, disse durante uma conversa com o Kotaku que a ligação entre um fanático e seu console pode ser comparado a uma paixão.

“Muitas vezes o jogador leva tempo para desenvolver este tipo de vínculo irracional com um produto,” disse o autor e diretor da consultora Mindlab International.

“Às vezes é como se apaixonar e isso provoca uma enorme excitação. Isso acontece também com produtos, eles podem fazer exatamente a mesma coisa; de fato, quando olhamos para o comportamento aditivo, descobrimos que as pessoas podem ficar viciadas em produtos. Isso acaba gerando uma infusão de dopamina,” continuou. “Sem dúvida é como criticar a sua própria namorada,” disse ele se referindo à reação que os fanboys têm quando confrontados com ataques aos sistemas de sua preferência.

David Lewis-Hodgson, que é considerado por muitos como o pai do neuromarketing, é também escritor de mais de 30 livros e especialista há mais de 30 anos na análise de como a atividade cerebral responde ao consumo.

Você concorda com essa afirmação?

Fonte: Brasilgamer

Tagged , , , . Bookmark the permalink.