Governo dos EUA enfim abre mão do controle da internet

Autoridades anunciaram na sexta-feira que o governo dos EUA vai entregar a administração da internet para outra entidade. Não está claro quem vai assumir a responsabilidade, mas como aponta o Washington Post, quase certamente não será a ONU.

Você provavelmente está pensando: “Peraí… o governo americano tinha controle sobre a internet?” Sim! Na verdade, eles meio que inventaram a internet: ela surgiu a partir da ARPANET, um projeto do Departamento de Defesa nos anos 60.

A rede em si foi construída por muitos e muitos cientistas ao redor do mundo. Mas, por um conjunto complexo de razões, o governo dos EUA manteve o controle administrativo sobre certas partes de como a internet funciona, através de um contrato de longa duração entre o Departamento de Comércio e a ICANN (Corporação da Internet para Nomes e Números). Esta última é quem controla a atribuição de domínios de internet como .com, .org e outros.

Mas a notícia é uma surpresa. Afinal, o governo americano vem recebendo uma série de críticas por espionar praticamente o mundo inteiro, e comprometer o ideal de uma internet livre e aberta. E, além das travessuras da NSA, a internet realmente é uma ferramenta para o mundo inteiro: não é muito desejável que os americanos mantenham o controle sobre ele, mesmo que seja apenas dos domínios. “Eu saúdo o início do processo de transição que você delineou”, disse Fadi Chehade, presidente da ICANN, em resposta à notícia. “A comunidade global será incluída na íntegra.”

Então, o que acontece daqui em diante? Como nota a Atlantic, os líderes de todo o mundo vão começar a discutir para chegarem a um meio-termo. Mas uma coisa é quase certa: a ONU não vai assumir o controle. Os EUA já se opuseram a isso antes – quando a UIT quis definir novos rumos para a internet – e continuará se opondo.

É bastante possível que uma nova organização internacional seja criada para assumir as responsabilidades do governo dos EUA, mas ainda é muito cedo para dizer. Ficaremos de olho. [Washington Post e The Atlantic]

Fonte: Gizmodo

Tagged . Bookmark the permalink.