Tchau, senha! Lenovo investe em startup que cria alternativas para segurança

Que atire o primeiro código binário quem nunca se incomodou – ou, mais normal ainda, se esqueceu – das letras, números e caracteres que compõem a senha, esse pivô de muitas crises, crimes e invasões virtuais.

Isso porque as pessoas costumam optar por códigos fáceis para acessar suas contas virtuais. Especialistas dizem que as senhas mais comuns são – pasmem! – “123456” e “senha”. O que é simples e fácil, contudo, é o terror dos especialistas em segurança, o paraíso de cibercriminosos – e pode ser um problemão para você.

Mas a tecnologia está aí para resolver um problema da própria tecnologia: a Lenovo tem investido – e já faz algum tempo – na Nok Nok Labs, startup de tecnologia cujo objetivo é acabar com senhas e implementar um novo meio de segurança, que entende variadas tecnologias – desde o reconhecimento facial até o de impressões digitais.

Também há o reconhecimento de voz ou de pupila, por exemplo. A ideia é criar um sistema para usar todas as tecnologias de maneira mais simples, além da garantia de que a autenticação seja única, e de que o aparelho se torne inutilizado em caso de roubo.

O investimento da Lenovo nisso não foi pouco: US$ 16,5 milhões, feitos junto a grupos de capital DCM e Onset Ventures.

Tanto a Nok Nok quanto a Lenovo fazem parte de uma aliança formada por outras empresas do segmento, cujo objetivo é modificar a cibersegurança a partir de tecnologias mais eficazes. Desse grupo, fazem parte Google, Microsoft e PayPal, por exemplo.

São os gigantes do setor unidos em prol de facilitar e garantir a segurança do usuário, dentro das perspectivas de inovação e de futuro da tecnologia. Afinal, você quer se livrar das senhas em um mundo onde até a sua geladeira estará conectada à internet, não é?

Fonte: Gizmodo

Tagged , , . Bookmark the permalink.