Este é o Samsung Galaxy S5, com tela de 5,1 polegadas e leitor de impressões digitais

O Samsung Galaxy S5 é oficial. A nova iteração de um dos mais populares smartphones topo de linha com Android foi apresentada nesta segunda-feira durante a feira Mobile World Congress. Por fora, pouca coisa mudou em relação ao S4 de 2013 – mas por dentro temos um novo dispositivo.

A Samsung está levando bastante a sério a história de não mexer em um time que está ganhando. O Galaxy S5, em relação ao design, é uma evolução quase que natural do S4. As laterais que imitam metal estão de volta. Por fora, a mudança mais notável está na traseira, com uma textura que, ao menos por fotos, parece bem estranha – nada como aquele plástico que imita couro presente no Note 3. A Samsung chama esta nova traseira de “glamour moderno”. O dispositivo também é resistente a água e poeira (IP67) e aguenta até 30 minutos debaixo d’água.

A tela Full-HD agora tem 5,1 polegadas (o S4 tem 4,99 polegadas) mantendo, é claro, a tecnologia Super AMOLED. O botão home ganhou um scanner de impressão digitais (mais sobre ele a seguir); e uma das teclas capacitivas foi modificada: em vez do botão Menu, temos a função Multitarefa. Neste quesito, a Samsung acompanhou outros dispositivos com Android. Por fim, o S5 conta com uma entrada de USB 3.0 para recarga e transferência de dados mais rápida.

Por dentro, a Samsung colocou um processador Snapdragon 800 de 2,5 GHz e 2GB de RAM. Ele conta com algumas coisas básicas em dispositivos high-end – Bluetooth 4.0, NFC, 4G LTE, opções de armazenamento de 16GB ou 32GB (além de entrada de cartão micro SD), e sensor infravermelho, que também já estava presente no S4.

A câmera agora tem 16 megapixels, ganhou a capacidade de gravar vídeos em 4K, e tem o autofoco mais rápido do mercado – são até 0,3 segundos. Além disso, a Samsung adicionou alguns truques além do que já estava presente em dispositivos anteriores. O Selective Focus, por exemplo, permite mudar o foco para o primeiro plano ou plano de fundo após a foto ter sido tirada. O flash agora é dual-LED, para uma iluminação mais realista (e menos “estourada”); e a câmera frontal tem 2,1 megapixels.

O Galaxy S5 conta com a tecnologia MIMO, que acelera a conexão Wi-Fi usando várias antenas para receber o sinal; além de suporte ao padrão Wi-Fi 802.11ac, mais rápido. Também há uma função chamada Download Booster, que combina Wi-Fi e 4G/LTE para chegar a velocidades ainda mais altas.

A bateria tem 2.800 mAh, e há o recurso Ultra Power Saving Mode, que deixa a tela em preto e branco e desliga todas as funções desnecessárias para maximizar a duração da bateria. As dimensões são 142 x 72,5 x 8,1 mm; ele pesa 145g.

Software

As principais alterações estão no software. Ele roda o Android 4.4.2 KitKat com a TouchWiz que já conhecemos muito bem, e com a inclusão de alguns novos truques para se aproveitar das novidades do dispositivo. Os apps como S Voice continuam. O My Magazine, introduzido no Galaxy Note 3, também está presente, e é facilmente acessível ao deslizar o dedo para a esquerda a partir da tela inicial.

A Samsung aposta alto em softwares para saúde. O S5 tem monitor de batimentos cardíacos (ele fica na traseira do dispositivo, próximo ao flash LED), que funciona em parceria com o app S-Health. Ainda há um fitness tracker integrado ao dispositivo, e esses recursos podem funcionar em parceria com a crescente linha de relógios de pulso inteligente da Samsung – o Gear 2 e o Gear 2 Neo, além do Galaxy Gear Fit.

No leitor de impressões digitais incluído no botão Home, você pode registrar até três impressões digitais separadas. Diferentemente do iPhone 5S, o Galaxy S5 não exige manter o dedo por alguns segundos no botão para reconhecer seu dedo – basta deslizar algumas vezes para desbloquear o seu smartphone. E não só isso: também é possível deslizar o dedo para confirmar um pagamento via PayPal.

O Samsung Galaxy S5 será lançado mundialmente em abril em quatro cores: preto, branco, azul e dourado. O Brasil costuma estar na lista dos primeiros países a receberem o dispositivo da Samsung – esperamos que as coisas não mudem desta vez. A Samsung não comentou preços até o momento. Vamos torcer para que ele não siga a tendência atual do mercado brasileiro de preços cada vez mais altos. [Samsung]

Fonte: Gizmodo

Tagged , , , , . Bookmark the permalink.